sexta-feira, 8 de junho de 2018

O diário de Ariel Brasil. Parte 6




10 de Abril de 2067
Acordei pensando no que virá nos próximos dias. Eu e minha equipe de cientistas estamos protegidos pelo que restou do exército brasileiro, mas já foi comunicado a nós pelos colegas que são militares que o ataque a Brasília é questão de tempo. Muito pouco tempo. Via WhatsApp 💯 ou outros apps correlatos o Supremacia Mater convoca todas as mulheres brancas ou que queiram tornar-se "legalmente" brancas. Mesmo mulheres que não são brancas serão aceitas nas fileiras supremacistas desde que pelo menos um dos pais seja puramente caucasiano. O que importa é jurar obediência ao movimento e renunciar ás companhias masculinas, como pais, companheiros e filhos maiores de 16 anos. Após essa idade serão incorporados ao corpo de serviçais domésticos submissos às suas senhoras amas. Escravos. Se o Supremacia Mater tomar Brasília seremos escravos. Os seres humanos do sexo masculino que sobreviveram ao vírus e não são heterossexuais terão alguma liberdade, os heterossexuais serão de fato escravos, realizando todas as funções braçais que suas senhoras ordenarem. Estamos colhendo o que plantamos.