Gaucho Negro!

Gaucho Negro!
Força e Honra

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Na hora de viajar. (Roteiro) Ceroni Cunha

 Page 1 Descrição: Mulher, faixa dos 40 anos. 4 quadros nesta pagina. 1 quadro: mostra a mulher com olheiras tomando café. 2 quadro: mostra ela tomando cerveja bem produzida. 3 quadro: ela chorando num banco de igreja. 4 quadro ela deitada na cama de olhos abertos sem dormir. Recordatórios: Tomo um café amargo como a vida. Ja faz alguns dias que desisti. De amar, de querer ter filhos, de ter um amor. Depois que acabou meu terceiro casamento, decidi que era hora de sair, conhecer gente nova. Me divertir. Bebi. Fumei. Cheirei. Mas nao encontrei. Fui até na igreja da minha irmã pra ver se conseguia nao me sentir tão sem valor. E num momento disse pra Deus: Por favor, eu nao tenho coragem de terminar com tudo eu mesma. Por favor, me leva contigo. Quando fiz essa oraçao tinha 42 anos. E desde entao, dia após dia esperei. - Venha me buscar! Dizia eu.


page 2   Descriçao: Novamente 4 quadros. A mulher envelhece dez anos a cada quadro até chegar aos 80.                      
 Recordatórios: E entao fui pra casa esperar. Segui trabalhando, continuei orando. E todos os dias de noite eu dizia baixinho: É hoje que o Senhor vem me buscar? Meus ossos doem, meu cabelo cai. Minha pele murcha. Minhas pernas pesam e cada passo parece exigir de mim mais e mais. É hoje? eu perguntava. Parentes se foram. Primos, irmaos, tios, sobrinhos. Meus olhos cansaram. Mas o momento nao chegava...


page  3.   Descriçao: Velhinha, chale nas costas. Batem na porta. Ela atende. Um moço aparentando uns 30 anos diz:          
Balões: Boa tarde senhorinha. Vim lhe fazer um convite. Percebi que a senhora mora sozinha e gostaria de saber se a senhora gostaria de morar comigo.                        
Velhinha: Como? Nem lhe conheço moço. Quer uma xícara de chá.      
Moço: Eu teria prazer em aceitar. Mas tenho pressa. Tenho alguns afazeres pra hoje ainda. Por favor me acompanhe. Venha conhecer minha casa. Tenho um belo jardim.


page   4      Descriçao: Ele gentilmente a pega pela mao, a engancha em seu braço e ambos adentram o jardim de braços dados. A medida que avançam ela rejuvenesce sem perceber.                             Balões: Velhinha: O senhor sai assim convidando qualquer.pessoa para morar na sua casa?                                    
Moço: Sim. Minha casa é muito grande. Tem muito espaço. É ideal para quem precisa descansar.       
Moça: Ahhhh... eu aceito. Quando posso me mudar? Preciso mesmo de umas férias...                              
Moço: Você já está morando comigo Amanda. Assim que cruzou este portão e aceitou meu convite você ja mora comigo.          
  Descriçao 2: Ambos somem pelo jardim.    
Fim

Nenhum comentário:

Postar um comentário