Gaucho Negro!

Gaucho Negro!
Força e Honra

domingo, 5 de março de 2017

Reunião de cúpula da Marvel, ano 2057.

Fã-Clube Batbase Batman adicionou 2 novas fotos. · Ontem às 18:29


Textão. Se tiver saco pra ler, é deveras interessante.

Reunião de cúpula da Marvel, ano 2057.

Do lado de fora do prédio, demonstrando ódio fofo, uma multidão de... militantes protesta contra a falta de diversidade nas HQs da Casa de ideias.
Stan Lee, com a consciência armazenada num computador, reassume o cargo de editor chefe após a máquina ser iniciada.
Stan Lee: Mas o que está acontecendo? Eu criei personagens cegos, nerds, negros, usei analogias para lutar contra o preconceito racial nos anos 60. Sempre apoiei a diversidade numa época em que ninguém ganhava likes por isso. Por que têm cartazes lá fora me chamando de fascista?
Desenhista: os tempos mudaram, mestre Lee. Precisamos de mais pluraridade, mesmo que elimine toda a nossa cronologia. Pretendo reformular os Vingadores ainda hoje com o Brian Michael Bendis Neto.
Stan Lee: mas nós tínhamos um Homem Aranha gay, negro e latino. O Estrela Polar casou com seu namorado numa edição histórica. Na morte de Hércules, inclusive, deixamos claro que ele era bissexual e teve um caso com estrela Polar. Xavier é cadeirante. Pantera Negra e Ororo governam a nação mais avançada do planeta. O que fizemos de errado, qual motivo para tanta fúria?
Desenhista: Ah, senhor. As posições acrobáticas são irrealistas demais e acabaram ofendendo os leitores com problema de lordose que não se sentiam representados.
Stan Lee: Meu Deus, não quero nem imaginar o que fizeram com o Justiceiro!
Desenhista: Hoje Frank Castle é um pacifista que combate o crime organizado reabilitando mafiosos com aulas de artesanato e capoeira. Pensamos em colocá-lo como um hacker, mas lembramos que a Oráculo da DC foi censurada. Conhecimentos de informática e hacking podem ser interpretados como apologia ao roubo de nudes no computador alheio. Hoje, Barbara Gordon é uma personagem que escreve textões no Facebook, pedindo mais amor e mais empatia pelas pessoas insanas do Asilo Arkham.
Stan Lee: mas pq essa geração é tão sensível?
Desenhista: Em 2005, Houve um vazamento numa fábrica de alimentos infantis, senhor. Lençóis freáticos e rios que abasteciam as metrópoles foram contaminados com altos índices de papinha de bebê. Isso gerou a síndrome do mimimi, uma doença que faz o paciente acreditar que a órbita terrestre gira em torno do seu umbigo.
Stan Lee: parece ser grave... o que podemos fazer para aliviar essa doença?
Desenhista: Recriar todo o universo Marvel numa saga. Depois faremos o reboot e daremos um nome novo, o selo MMM
Stan Lee: MMM?
Desenhista: Melhore, Marvel, melhore.
Stan Lee: O que houve com o Hulk, Homem Aranha, Capitão América?
Desenhista: morreram nas Guerras Héteras. A nova equipe de Vingadores é composta por Transhulk, Capitão Cuba, Feminista de ferro, Aranha Vegana e Wolverinx. Ah, também vamos substituir o Thor por Alá.
Stan Lee: Mas a gente não pode desenhá-lo!
Desenhista: pode sim. A proibição é contra desenhar Maomé.
Stan Lee: Coloque o Dr. Estranho na equipe.
Desenhista: Olha, usar o adjetivo " estranho" para designar uma pessoa é extremamente ofensivo nessa época. Podemos rebatizá-lo de Dr. Diferentão.
Stan Lee: E quanto aos x-men e o Quarteto Fantástico? O que fizeram com eles?
Desenhista: Para não ofender pessoas de outros gêneros, os x-men passaram a se chamar X-mxn.
Stan Lee: como diabos se pronuncia isso?
Desenhista: usando o dialeto do Mussum.
Stan Lee: E o quarteto?
Desenhista: O quarteto se tornou uma família adepta do poliamor, formada por Sue, Reed Richards e Namor, que adotaram um garoto que sofre de combustão espontânea. Ah, também adotaram uma Pedra.
Stan Lee: uma pedra?
Desenhista: a pele rochosa do Coisa causou mal estar em pessoas que sofrem de dermatite crônica. Hoje ele é apenas uma pedra com um sorriso desenhado.
Stan Lee: tipo a bola Wilson do Tom Hanks?
Desenhista: exatamente
Qual será o Plot da nova primeira edição de Vingadores?
Desenhista: Galactus, o desconstrutor de Mundos, invade a Terra e mata todo mundo que assiste a FOX News. Os vingadores tentam intervir, mas acabam sendo desconstruídos também.
Editor: podemos colocá-los para lutar contra o Dr. Destino na segunda edição.
Desenhista: Olha, DR. Destino governa a Latvéria, uma nação oprimida pelo Ocidente. Pelo Novo Comic Code of defecation rules, os Vingadores não podem revidar. A violência do Dr. Destino é reação do oprimido, portanto, justificável.
Editor: E quanto ao Thanos?
Desenhista: Thanos está disposto a destruir o universo para agradar a Morte. É assédio sexual; as jóias do infinito não podem ficar na mão de um machista.
Stan Lee: Mandarim?
Desenhista: Mandarim é asiático. Vilões que se encaixam em minorias estão permanentemente proibidos. Se o senhor quiser, transformo o Mandarim num branco católico conservador.
Stan Lee: ainda existe liberdade criativa?
Desenhista: claro, senhor. Ela só precisa passar pela Comissão Federal de Empatia. Depois é enviada ao Supremo Conselho dos Cidadãos Ofendidos. Se for aprovado, aí podemos publicar.
Stan Lee: Pelo menos a instituição vingadores ainda existe, né?
Desenhista coçando a cabeça: olha, pra ser honesto, a palavra " Vingadores" é muito pesada, sugere vingança, como se o grupo apoiasse " Bandido Bom é bandido morto". Nós não queremos ser confundidos com a Image, que publicava o fascista e censurado The Authority.
Stan Lee: e qual será o novo nome?
Desenhista: os problematizadores.




Um comentário: