Gaucho Negro!

Gaucho Negro!
Força e Honra

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

BANDIDO MATA HOMEM QUE TENTOU SOCORRER A VÍTIMA DO ASSALTO

Não há outra solução, temos que matá-los. GN

Homem é morto ao tentar socorrer vítima de assalto em Gravataí Carolina Rocha/Diário Gaúcho

ZERO HORA 17 de outubro de 2013 | N° 17586

CAROLINA ROCHA

REAÇÃO FATAL. Homem é morto ao socorrer motorista

O metalúrgico Alex Maciel de Farias, 34 anos, enfrentou ladrões de carro



A última pilcha que o metalúrgico Alex Maciel de Farias, 34 anos, usará foi escolhida ontem de manhã. Mas, dessa vez, não será para matear com os amigos. O traje foi destacado pela família para o adeus. Na noite de terça-feira, ele tentou ajudar uma desconhecida e acabou morto a tiros. De acordo com levantamento do Diário Gaúcho, Farias foi a vítima número 800 na Região Metropolitana em 2013. Alex morreu de graça. Era isso que repetiam os amigos, ontem, em frente à casa da família.

Morador da Rua Augusto Rocha, no bairro São Geraldo, em Gravataí, na noite do crime ele repetiu a sua rotina diária: voltou do trabalho, deu atenção aos dois filhos – um menino de 12 anos e uma menina de quatro anos – e foi buscar a mulher no trabalho.

Alex subiu a pé a rua, que fica nos fundos da Faculdade QI, e no caminho, parou na guarita do estacionamento da faculdade para tomar chimarrão com os vigias. Eram conhecidos e tinham esse hábito. Pilchado e mateando, ele ouviu os gritos de socorro de uma mulher que estava sendo assaltada por uma dupla.

Os criminosos haviam calçado a motorista de 35 anos, que recém tinha embarcado em seu Ka branco. Armados, mandaram a vítima descer. Um dos assaltantes a agrediu com uma coronhada e com tapas no rosto. Foi então que a mulher gritou por socorro.

– Me contaram que ele se virou, gritou: “o que que é isso?”, e atiraram nele – resume um dos irmãos de Alex, Ricardo Maciel Farias.

Atingida pelas costas, vítima caiu na calçada

Atingido pelas costas, próximo ao ombro esquerdo, Alex caiu na calçada. Os bandidos fugiram, sem conseguir levar o carro. Mas, antes, atiraram mais duas vezes, atingindo um muro e a guarita da faculdade.

Alex foi levado para o Hospital Dom João Becker, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois. Além de Leila, com quem estava casado havia 15 anos, deixou o casal de filhos, irmãos e a mãe.

– Ele era muito prestativo, muito companheiro. Só tentava ajudar – diz Leila Maria Moura, 43 anos, funcionária de uma farmácia e amiga da vítima, segurando as lágrimas.


Assaltantes invadem restaurante no Centro

Dois homens assaltaram um restaurante localizado nas imediações da Praça da Matriz, em frente ao Palácio da Justiça, em Porto Alegre, no início da tarde de ontem.

A ocorrência feita pelo 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) registra que todo o dinheiro do caixa do restaurante Temperatto foi saqueado. Na ocasião, cerca de cem clientes estavam no local. Após terem sido ameaçados com arma, eles foram levados para um canto do estabelecimento e tiveram seus pertences recolhidos.

De acordo com testemunhas, a funcionária que estava no caixa teria desmaiado durante o ataque, que durou cerca de 20 minutos.

Conforme o delegado Paulo Cesar Jardim, da 1ª Delegacia da Polícia Civil, os assaltantes teriam participado de outras ocorrências na área central.


ZERO HORA ONLINE 17/10/2013 | 02h32

Homem é morto a tiros no bairro Restinga, zona sul de Porto Alegre. De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi identificada como Ederson Pereira Nunes, 28 anos


Um homem foi morto na noite desta quarta-feira, no bairro Restinga, zona sul de Porto Alegre. A vítima foi identificada como Ederson Pereira Nunes, 28 anos.

Conforme a Polícia Civil, Nunes era morador da região mas, há algumas semanas, estaria vivendo na rua. Ele foi atingido por, pelo menos, 10 disparos de um revólver calibre 38. Não houve testemunhas do crime. A 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), que atendeu a ocorrência, não tinha suspeitos para o crime no início da madrugada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário