Gaucho Negro!

Gaucho Negro!
Força e Honra

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

BATMAN DE TAUBATÉ...SUPER EXEMPLO



Convocado pela PM, Batman de Taubaté vai às ruas em campanha contra criminalidade







A Polícia Militar de Taubaté (a 130 km de São Paulo) contará com um reforço de peso para tentar reduzir a criminalidade do município: nada menos do que o Batman, que a partir deste sábado (17) vai às ruas, a pedido da própria PM, participar de uma campanha contra a violência no município.

A versão tupiniquim do “Cavaleiro das Trevas” será vivida por André Luiz Pinheiro, 50, militar aposentado da Marinha, que é fã do herói dos quadrinhos. Ele foi convidado pela major Eliane Nikoluk, do 5º Batalhão da PM do Interior, para integrar uma ação do “Movimento Pela Paz Taubaté” no bairro Esplanada Santa Terezinha.


“Ela viu uma reportagem que fizeram comigo sobre o meu hobby, na qual aparecia como Batman, e teve a ideia de me convidar para associar o símbolo do super-herói, que só faz o bem, ao movimento”, afirma Pinheiro.






O movimento foi criado no final do ano passado e reúne as polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), entidades católicas e evangélicas, associações comerciais e industriais, universidades e veículos de comunicação. O grupo diz que surgiu em resposta ao aumento da criminalidade no município.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado, 58 pessoas foram assassinadas em Taubaté no ano passado, o maior número desde 2001, quando a secretaria passou a organizar os dados. O número de furto e roubo de veículos também foi recorde em 2011: 1.338 casos, contra 979 de 2010 --aumento de 37%.

Em 2011, 450 menores se envolveram com o crime, número 50% maior do que no ano anterior. Segundo Pinheiro, as ações do movimento nos bairros são de caráter preventivo e educativo e incluirão atividades com as crianças e jovens.





Cosplayer e fãs de gibis


Carioca, Pinheiro foi militar dos 16 aos 46 anos, quando se aposentou e decidiu morar em Taubaté. “É uma cidade gostosa, com clima agradável. Quis fugir da sensação de insegurança que tinha no Rio”, conta.

Fã de gibis e de super-heróis, Pinheiro aderiu ao cosplay (atividade em que os praticantes se fantasiam de personagens) em 2007, e, desde então, vai a festas infantis e eventos com outros cosplayers. O Bruce Wayne do Vale do Paraíba tem cerca de 250 fantasias, duas delas do Batman, que custaram mais de US$ 15 mil cada (cerca de R$ 27 mil).

O Batman de Taubaté descarta qualquer atuação ostensiva ao lado da polícia. “Ninguém pense que o super-herói vai se juntar com a polícia e sair atrás dos criminosos. A função não é essa. Vou estar lá para conversar com as crianças, resgatar valores, ensinar sobre o respeito ao próximo e dar o exemplo dos verdadeiros heróis”, diz.



bol

Nenhum comentário:

Postar um comentário