Gaucho Negro!

Gaucho Negro!
Força e Honra

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

O que aconteceu com Os Patriotas?




Jan 10, '09 1:18 PM
para todos
Não sei se vocês se lembram do texto sobre o fim do Brasil Comics, no qual eu digo que as pessoas perguntavam sobre o fim do site, pois bem, sobre os Patriotas eu ouvi três vezes mais.
O que tem de pessoas perguntando sobre o grupo, sobre se vai rolar o projeto, o que houve etc., não está no gibi, literalmente.
Pra começar, vamos entender o que é os Patriotas.
Quando comecei o Brasil Comics, eu nem colocava os meus personagens, isso só começou a partir de um tempo depois, e foi quando comecei a descobrir os super-heróis brasileiros em geral.
Logo tive a idéia de fazer um grupo, no qual alguns representantes da nova geração e da antiga se reuniam em prol de um bem maior. Um grupo formado por heróis como o Capitão 7, Velta, Lagarto Negro, Jou Ventania.
A idéia era de reunir os artistas, tão desgarrados pela net, a mesma proposta do site, de divulgar vários num espaço só. Mas, eu sei que os artistas desses grandes personagens jamais iam liberá-los para que um bosta como eu fizesse alguma coisa. Afinal, quem é Lincoln Nery? Jou Ventania? Bah!
Mas, eu já começava a conhecer pessoas interessadas na rede, normalmente via ao site Batman a Trajetória (o Br Comics só dava dor de cabeça), uma dessas pessoas era um blogueiro chamado Olavo.
Em seu blog, a Toca do Coelho, ele publicou uma idéia interessante, um grupo chamado Os Patriotas, liderados pelo Jou Ventania que tinha como membros o Guerreiro do Futuro, a Nova, um Capitão Brasil (já que tem vários por aí), e alguém mais que não me lembro). A idéia do Olavo era de utilizar heróis menos conhecidos.
Na saga, havia algumas alterações, nela Jou Ventania era um cara sem memória, que um dia acorda do lado de uma garota morta, e por aí vai. Um conceito muito interessante, que não me esqueci.
Aí , um dia no meu fotolog do Terra http://fotolog.terra.com.br/lincnery, eu postei um desenho com alguns personagens e com o nome Os Patriotas, e contava mais ou menos o que o Olavo tinha escrito. Meu, objetivo é que rolasse uma semana, em que os vários desenhistas do Terra fizessem suas versões de um grupo de heróis brasileiros, cada um com seu mix, diferente, mas, como sempre ninguém me ouviu (ou leu), só o grande parceiro Bruno Sauerbron, que montou duas versões de Patriotas com o seu incansável Homem-Escudo.
Aí, eu deixei essa parada pra lá, já que ninguém se interessou, eu já estava ficando de culhões cheios na época mesmo.
Um tempo depois, o Bruno me chamou pra ajudar ele a criar o projeto dos Patriotas, eu não tava mais a fim de fazer algo assim, colocar uma hq na net dá um trabalho do caralho, você não arruma nada, só gente pra colocar defeitos, mas como o Bruno é um cara muito bacana, eu divulguei a idéia dele no meu fotolog e na comunidade do Br Comics do Orkut.
E dessa vez, um monte de gente bacana quis colocar seus personagens, realmente seria um tremendo grupo de heróis.
Mas, como parece que na mistura internet/quadrinhos nacionais a porca sempre torce o rabo, pelo menos comigo, o Bruno sumiu, o Rod também tinha sumido (o Blenq fez falta na formação), e eu estava de saco cheio, por causa dos motivos que citei acima e pelos que já citei no post sobre o fim do Brasil Comics, tirando os parceiros, ninguém coloca meus personagens em porra nenhuma.
Você viu o Jou Ventania na Epopéia e Guerra-Heróica? Nem eu. Isso enche o saco, só ser malhado, malhado, e não ter nada em troca.
Então, eu só divulguei mesmo a idéia, pensei que o Bruno ia tocar o projeto. Mas, ele deu uma sumida. Claro, o pepino sobrou pra mim, que bem ou mal continuo por aí.
Eu tive até uma idéia inicial, acho que eles deveriam se unir pra enfrentar um mal vindo de alguma investida de um país estrangeiro, uma trama meio por baixo dos panos, o que no final os manteria unidos e utilizando o nome de Patriotas, a base seria um local militar desativado que Jou Ventania e o Homem-Escudo conheciam, já que tem ou tiveram ligações com os militares em suas vidas.
Algumas edições depois, eu faria o Enigma tendo que se deparar com os Patriotas, e fugindo, vendo que agora seria mais dificil praticar o caos, ele reuniria os vilões dos membros do Patriotas para formarem os Desertores.
Essas idéias eu tive para o grupo, mas nem dividi com ninguém até agora, se você quiser aproveitar algo. Agora, quanto a formação só o Bruno sabe os dados.
Tirando tudo isso, fiquei sem tempo mesmo de fazer algo assim, pois fora minha vida fora da net estar corrida, eu passei a dar mais atenção aos meus próprios projetos.
O site do Jou Ventania mais completo, seu orkut, mais hqs na net, pra fechar o que que comecei. E tenho me concentrado em fechar a saga do Jou Ventania. Então estou escrevendo e desenhando direto aqui pra fechar as pontas soltas. O Jou Ventania tem mais de cem histórias escritas (fora Jucal, Demonsix, Sevenray, etc.), mas eu não divulgo na net, isso só daria trabalho e nenhum retorno.
E como o Coringa disse no filme "Se você faz bem alguma coisa, não faça de graça". Bom, todo mundo aí diz que sou um merda, mas alguém tem que acreditar em mim, mesmo que seja eu mesmo. Coloquei o necessário na rede, se não faz sucesso, paciência. Mas, saiba que o que tem na net, não é nem uma gota do oceano.
Isso, me deixa sem condições de focar numa hq decente dos Patriotas. Porque seu eu fosse fazer, ia pesquisar bem os heróis envolvidos, e criar uma trama diferente de tudo o que já se viu. Não quero uma Liga da Justiça brasileira, eu tenho uma idéia de conceito para o grupo que é muito diferente da idéia do conceito do grupo da DC. Os Patriotas são representantes do Brasil. E principalmente, no começo isso ficaria muito claro, principalmente nas questões entre os membros.
Assim, não digo que não vou fazer (apesar que nunca me comprometi com isso, eu só divulguei a idéia) , se eu organizar tudo, vou fazer Os Patriotas, claro que seria melhor e mais rápido, se a galera se unisse, pra gente fazer um trabalho mais bem acabado e tal.
Bom, espero que tenha respondido, pelo menos da minha parte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário